Refrigeração Magnética.

A ciência tem um grande interesse em substituir o uso de produtos químicos que são utilizados em geladeiras e freezeres por produtos não nocivos ao meio ambiente. Uma das alternativas estudadas e desenvolvida até o momento esta sendo é a refrigeração magnética, que utiliza propriedades especiais dos metais como a entropia e o efeito magneto caloríficos.

A refrigeração magnética usa materiais magneto-calóricos que quando expostos a um campo magnético tendem a esquentar. Porém, após irradiar o calor, se resfriam muito rapidamente. Este efeito que ocorre pode ser usado em um ciclo de refrigeração, podendo ser alcançadas temperaturas próximas de zero grau.

Quando um metal está em repouso, sem nenhuma influência sobre ele, seus elétrons tendem a se movimentar sem um nenhum padrão definido. Assim que se aproxima de um ímã o metal fica sob a influência de um campo magnético, e os elétrons se alinham de modo que todos fiquem na mesma direção. Isso é uma perda de entropia, ou seja, uma limitação colocada na movimentação livre dos elétrons.

Esta limitação não é completa, pois os elétrons, por mais de não poderem mudar de direção, conseguem se mover de outras formas. Nesse caso, a entropia aumenta ao permitir que os próprios átomos vibrem um pouco mais violentamente. Com esta vibração de átomos, que podemos chamar de calor, basta aplicar um campo magnético a um pedaço de metal e ele vai aquecer. O efeito é moderado na maioria dos metais, mas alguns deles podem esquentar bastante. Resumindo, se um pedaço de metal estiver sob a influência de um campo magnético e repentinamente ele é removido, o metal esfria.

Já existem alguns pequenos refrigeradores de laboratório que usam essa ideia, o fator que impede a refrigeração magnética de ser usada em geladeiras e aparelhos de ar condicionado domésticos é o alto custo. Entre os materiais magneto-calóricos utilizados em seu funcionamento  está o gadolínio, um metal muito raro e de elevado custo.  Apesar de geladeiras domésticas com esse tipo de resfriamento magnetocalórico estarem longe de poderem ser fabricadas e comercializadas em larga escala, o simples fator de esse sistema ser uma possibilidade eficaz nos da esperança de que em breve teremos aparelhos de refrigeração que não utilizem produtos químicos para resfriar.

 

Desenvolvido por Tao Design