Filtro de ar-condicionado que combate o pólen é desenvolvido no Japão

A Unipac acaba de criar um novo filtro para ar-condicionado que combate o principal agente causador das crises de rinite e conjuntivite alérgicas sazonais, o pólen. A empresa japonesa, com sede em Kawaguchi, vai começar a comercializar os filtros em fevereiro para escolas e grandes instalações comerciais do Japão, onde metade da população sofre com alergias.

Uma escola que será inaugurada em Kawaguchi em 2018 foi a primeira a decidir testar os filtros. E a Unipac irá realizar uma pesquisa junto a um Hospital Universitário de Tóquio, com o objetivo de avaliar o impacto dos filtros na saúde de pessoas alérgicas.

Sobre os filtros
No momento os filtros desenvolvidos são para equipamentos de grande porte, mas modelos de filtros para aparelhos residências já estão sendo planejados. Cada um custará 25 mil Ienes (cerca de R$698).

Os filtros conseguem absorver até 99% do pólen e 85% dos agentes causadores de alergias menores em uma hora. Isso ocorre por conta das substâncias que são injetadas nas fibras absorvem esses alérgenos.

Fonte: Portal WebArCondicionado

Desenvolvido por Tao Design